Palestras

Confira as palestras que você vai encontrar por aqui.


 Espiritualidade e paz interior: o papel da fé na construção da resiliência - Carla Fonseca Tomás

Vivemos numa época em que o stress se tornou uma palavra comum do vocabulário dos sujeitos e diariamente as pessoas são confrontadas com situações que acionam os seus processos adaptativos. Um conjunto de pesquisas mais recente sobre a resiliência tem vindo a chamar a atenção para o papel da dimensão espiritual na construção dum perfil resiliente. Nessa linha, nesta comunicação pretende-se relatar os resultados duma investigação que tentou perceber de que forma a fé facilita o funcionamento adaptativo, ao acrescentar ao funcionamento do sujeito um conjunto de recursos e estratégias extra-ordinárias que facilitam as vivências associadas à adversidade.


‘ISSO TEM PERNAS PARA ANDAR?’O QUE E QUEM É ACOLHIDO PELA PSICOLOGIA POSITIVA?O QUE PODEMOS CONHECER DO FUTURO DE UMA DISCIPLINA CIENTÍFICA TÃO SEDUTORA? - LUÍS MIGUEL NETO

A primeira interrogação é de Lazarus um psicólogo norte-americano mainstream, logo no inicio do surgimento da disciplina cientifica designada como Psicologia Positiva, e das suas praticas revolucionárias decorrentes. A segunda é uma questão de nossa autoria, mas que pode surgir na futura História e Sociologia da Ciência relativa à mesma PP. Por fim, clarificando sem simplificar,os cientistas e práticos de toda a língua portuguesa, podem e devem contribuir para o seu futuro florescimento. Tentarei propor como.


“Justiça Juvenil e Psicologia Positiva: Escutar a voz do Jovem” - Cristina Rosa Ferreira de Carvalho

A partir do modelo e conceitos da psicologia positiva, podem ser construídas alternativas de intervenção à tradicionalmente assumida pelos sistemas de justiça juvenil, focada essencialmente nos fatores de risco e défices dos jovens. Nesta linha, a presente comunicação explora potencialidades de aplicação da psicologia positiva no campo da justiça juvenil, abordando a utilização de novos instrumentos e de metodologias que identificam e desenvolvem as forças psicológicas dos jovens que estão em conflito com a Lei, envolvendo-os como parte ativa nos seus processos de mudança.


A ARTE DE SER LEVE - Leila Ferreira

Cotidianos desgastantes e ambientes cada vez mais hostis: como preservar a qualidade das relações pessoais em um mundo alimentado pelo stress, que estimula e favorece o distanciamento e os conflitos? Como melhorar nossa capacidade de conviver em uma cultura que defende a pressa, as interações pragmáticas e o individualismo? A palestra “A Arte de Ser Leve” reflete sobre valores e posturas que podem nos ajudar a vencer esses desafios. Trata de temas como gentileza, bom humor, desaceleração, descomplicação, generosidade, redes sociais e a importância de se resgatar as pausas e as verdadeiras conversas.  Trata-se de uma conversa intimista, conduzida a partir da história de vida da palestrante e de sua própria busca: pela leveza e por uma perspectiva de vida mais otimista.

 


A CONTRIBUIÇÃO DA PSICOLOGIA POSITIVA NO DESENVOLVIMENTO DA CRIANÇA E ADOLESCENTE - Maria Mussi

A presente palestra objetiva apresentar uma experiência prática, demonstrando a necessidade da participação das escolas na formação das crianças e jovens, focando, não só na sistematização de conhecimentos, mas ampliando sua função para uma dimensão afetiva pautada em uma educação que produz bem-estar e felicidade. A Escola em questão, associada ao PEA / UNESCO, entendedora de sua influência na Cultura da Paz, conta com os conceitos da Escolarização Positiva, que permeia o trabalho, acreditando ser uma ferramenta poderosa de resgate, do mais genuíno que podemos encontrar em nós mesmos – os valores humanitários, que possibilitarão uma convivência mais harmoniosa e um mundo mais feliz.


A Felicidade Como Estratégia de Negócio - Carla Furtado

O trabalho introduz um sistema empírico desenvolvido para promover felicidade no ambiente corporativo, usando a Felicidade Nacional Bruta (FIB) como estrutura e intervenções de Psicologia Positiva. O sistema foi testado em um hospital privado brasileiro. Demonstrou resultados positivos tanto no bem-estar dos funcionários como no desempenho do negócio. Inclui:
• Adaptação da pesquisa FIB ao ambiente corporativo.
• Desenvolvimento de Programa de Felicidade com base nos resultados da pesquisa.
• Curriculum de treinamentos em Felicidade.
• Indicadores.
• Resultados positivos observados.


A FORÇA DO PERDÃO NO ATENDIMENTO CLÍNICO DE ADOLESCENTES COM DEPRESSÃO - Ariadne Gomes

O aumento de casos de depressão e suicídios em adolescentes, segundo a OMS, tem aumentado em níveis alarmantes no Brasil e no mundo, demandando dos profissionais de saúde maior investimento no entendimento da fase da adolescência, dos fenômenos culturais contemporâneos e ferramentas de ajuda na intervenção do transtorno depressivo. O perdão, força estudada por Seligman & Peterson, tem se mostrado em estudos como fator relevante no tratamento e prevenção da doença. A palestra abordará as particularidades da adolescência, a manifestação do transtorno depressivo nessa faixa etária e o uso de técnicas de perdão no atendimento clínico.


A forma como a compaixão organizacional influencia o Job Crafting - Leonor Araújo

Procedeu-se à análise da relação entre as dimensões de compaixão organizacional (CO) e as características e ações com cada uma das dimensões do job crafting (JC). 95 Profissionais responderam aos instrumentos validados dos constructos (CO e JC). Os resultados indicaram relação existente entre algumas dimensões (CO e JC) com exceção da “empatia”. As características/ações apenas não registaram impacto na “diminuição de demandas laborais desagradáveis”. Sugere-se a elaboração de um modelo teórico explicativo da relação entre as dimensões e a análise da sua implicação nos indivíduos e organizações.


A importância da resiliência no ajustamento psicológico ao desfiguramento facial adquirido: uma aplicação educativa da psicologia positiva - José Carlos da Silva Mendes

Inúmeras variáveis influenciam o ajustamento ao desfiguramento facial, sendo a internalização de ideias, autoestima e o afeto negativo, considerados preditores da preocupação com a aparência. Um estudo quasi-experimental sobre o desfiguramento facial, apresenta maiores níveis de preocupação nos indivíduos após a cirurgia, mas também apresentam maiores níveis de perceção com o suporte social, otimismo e afeto positivo, podendo estes resultados estarem associados à resiliência dos indivíduos. A Psicologia Positiva parece revelar-se útil no ajustamento psicológico ao desfiguramento facial.


A Importância do Capital Psicológico Positivo na Infância e Adolescência: Interfaces com a Neurociência e a Educação - SILVIA MARCONDES DUARTE

A palestra ressalta a importância da atenção à infância e da adolescência como períodos fundamentais no desenvolvimento humano. Seria possível perceber nesse período algumas funções que observaremos posteriormente nos elementos do Capital Psicológico Positivo? Ressaltamos a influência dos agentes multiplicadores de desenvolvimento na figura de pais e escola. Estudos acerca das funções executivas, como marcadores de desenvolvimento e importantes para a entrada para o mundo adulto e do trabalho, serão mencionados.


A PSICOLOGIA POSITIVA CONTRIBUINDO NA PRÁTICA PSICOPEDAGÓGICA - Magda Altafini

A Psicologia Positiva tem contribuído muito com a prática psicopedagógica, pois um dos seus objetivos é através do autoconhecimento, descobrir, desenvolver e potencializar as qualidades humanas, as forças de caráter e os talentos. Quando se tem este autoconhecimento o sujeito estará muito mais motivado para aprender e este processo se torna muito mais significativo e prazeroso, favorecendo o Florescimento Humano. Com a Psicologia Positiva, a Psicopedagogia pode mudar o seu enfoque: do trabalho com as Dificuldades de Aprendizagem para o Desenvolvimento das Potencialidades.


A Psicologia Positiva e as Terapias Assistidas por Animais numa Casa de Acolhimento de Crianças em risco - Maria do Rosário Bobone e Sofia Chaves

Esta apresentação pretende partilhar uma proposta de intervenção numa casa de acolhimento de crianças em risco, com base em intervenções da Psicologia Positiva e Terapias Assistidas com Animais. Após um período de observação, foram identificadas algumas lacunas emocionais presentes num conjunto de crianças institucionalizadas numa casa de acolhimento da região de Lisboa. Com o intuito de ajudar a colmatar essas lacunas, foi construída uma proposta de intervenção com o envolvimento dos educadores e coordenadores da casa, que está a ser implementada, e que conjuga os benefícios emocionais das terapias assistidas por animais com intervenções da Psicologia Positiva, com o objetivo de aumentar o bem-estar das crianças e a felicidade na instituição.


A relação entre o sucesso, os valores e o bem-estar: Os elementos que contribuem para o sucesso pessoal e para o desenvolvimento de uma sociedade psicologicamente mais saudável. - Renata Borja

As noções de sucesso mais difundidas relacionam-se, geralmente, com ideias de desempenho, resultados, dinheiro, fama, poder e altos cargos.  Existem, contudo, significados pessoais diversos que, de acordo com a nossa pesquisa, não validam o significado mais disseminado. Essa  dissonância observada entre os valores internos reais e os valores estimulados e incentivados na sociedade, pode estar contribuindo para o adoecer psíquico, principalmente nas gerações mais jovens mais susceptíveis às mudanças sociais e à  supervalorização do “sucesso”.   Uma ressignificação do sucesso mais voltada para a ideia de bem-estar e  uma reeducação para valores tornam-se, portanto, essenciais para o bem-estar social.


A urgência de educar para valores: bons cidadãos e pessoas felizes - Isabel Cristina Ferreira Neves Baltazar

Esta comunicação pretende problematizar a urgência de uma educação para os valores. Vivemos numa época de grande complexidade, que se espelha no microcosmos educativo, a atestá-lo estão expressões como “educação para os valores”, “educação para a tolerância”, “educação cívica”, “educação para a paz”, “educação para a saúde”, “educação sexual”, “educação ambiental”, “educação para a igualdade”, educação para…, educação para… nós ousaremos o sintético “educação, ponto final”. Com efeito, a educação ou é holística, ou não é educação, ela terá que englobar o ser humano e o mundo da vida no seu todo. É urgente uma educação para valores, para termos uma sociedade de pessoas felizes e bons cidadãos.


Andragogia Positiva - Carmen Silvia Carvalho

Uma proposta metodológica para a educação de adultos que reflete sobre as possibilidades de desenvolvimento amplo, biopsicossocial e cognitivo. Nasce de uma inquietante busca pela compreensão dos saberes educativos necessários a uma prática pedagógica significativa e positiva aos docentes que atuam no Ensino Superior. Uma práxis que valorize a cultura de paz por meio do desenvolvimento pleno das potencialidades dos atores educacionais, em que a pertença, as forças de caráter, as habilidades humanas e as práticas do PERMA sustentem a cognição e, assim possibilitem realizações e florescimento na vida dos educandos e dos docentes.


APLICAÇÃO DA PSICOLOGIA POSITIVA EM UM CASO DE MUDANÇA TRANSFORMACIONAL: COMO O MAIOR GRUPO DE MÍDIA BRASILEIRO ESTÁ INTEGRANDO CULTURAS DIFERENTES E MANTENDO A IDENTIDADE DE SUAS MARCAS. - Selma Fernandes

A palestra pretende apresentar um case mostrando como o maior grupo de mídia brasileiro está integrando culturas diferentes e mantendo a identidade de suas marcas.
O uso dos constructos da resiliência, autoeficácia e forças de carácter como ferramenta para a integração de três grandes empresas que enfrentam o desafio de reinventar o seu modelo de negócio. Criar, no dia a dia, um ambiente de trabalho que gere confiança, engajamento e bem-estar, estimulando as pessoas a estabelecerem um novo vinculo profissional com o atual ambiente organizacional, é possível, com foco da gestão estratégica de recursos humanos na Psicologia Positiva.


Apresentação do livro “A Arte das Relações Humanas – o “Sol” que todos seguem” - Luis Granja

O livro pretende influenciar líderes nos contextos onde atuem (Educação, Ensino, Desporto e Empresas) a serem a melhor versão de si próprios de modo a torná-los o “Sol” dos “Girassóis” que lideram. Que as suas equipas (Alunos, filhos, atletas, colaboradores) vejam neles claros exemplos de calor, positividade, fluir na relação humana, resiliência, empatia, inteligência emocional, otimismo. O Livro pretende ainda introduzir o conceito de FLORESCIMENTO com a analogia do Girassol ao Ser Humano em que a Psicologia Positiva pretende “Abrir” e soltar o POTENCIAL interior de cada um de nós. Através da sua história pessoal o autor influencia as pessoas a libertarem-se do MEDO que as impede de viver uma vida com propósito.


Apresentação do Programa “Coaching Líder Positivo” - Tatiana Árias Ruiz

Um Líder Positivo é um catalisador. É perseverante, focado, criativo, e muito produtivo. Lidera com enfoque apreciativo. Identifica o passado e presente positivo, para encontrar fórmulas eficientes que lhe permitam construir o melhor futuro possível para a organização. É um bom comunicador e pretende deixar uma pegada positiva.

Após 20 anos no âmbito da consultoria e coaching de comunicação, criamos o “Coaching Líder Positivo”. Promove o bem-estar, a resiliência e a persistência em cenários nos que as variáveis externas são desafiadoras, e difíceis de prever e controlar. Favorece a criatividade e um elevado desempenho.


Bem-Estar Subjectivo e Regulação Emocional nos Jogadores de Videojogos - Brigite Henriques

Os videojogos podem ser uma contribuição para o desenvolvimento de competências cognitivas, sociais e emocionais do indivíduo, podendo estes ser utilizados como um estímulo de respostas emocionais e como uma estratégia de desenvolvimento da capacidade de auto-regulação da activação emocional. Para actuar de forma emocionalmente adaptada, os indivíduos necessitam de aprender a regular quer a sua experiência emocional, quer a sua expressão emocional. Face ao exposto, serão apresentados os resultados de um estudo feito com jogadores de videojogos, comparativamente com os não jogadores.


CIVILIDADE E A RELAÇÃO COM O BEM-ESTAR E SAÚDE MENTAL NO AMBIENTE DE TRABALHO DOS MILITARES SERVIDORES NA REGIÃO AMAZÔNICA - Erika Rangel

Promover bem-estar no ambiente de trabalho é uma questão de saúde. O estudo analisa a relação entre o comportamento de civilidade, bem-estar e estresse percebido no trabalho, em militares do exército brasileiro, servidores na região amazônica, sediados na cidade de Porto Velho. A amostra representa 8,5% do efetivo de militares do Exército Brasileiro da região: 129 militares, de ambos os sexos, faixa etária entre 19 e 50 anos, com origem em diferentes estados brasileiros. Os resultados apontam que comportamentos de civilidade influenciam favoravelmente o bem-estar e inversamente o estresse.


Coaching de Psicologia Positiva - DANIELA LEVY

O crescimento do Coaching é notório em todo o mundo. E nesta apresentação abordar como o Coaching de Psicologia Positiva tem favorecido mudanças, com evidências comprovadas cientificamente, nas áreas pessoais e organizacionais é fundamental, além de sua importância ao favorecer com que os indivíduos e empresas reconheçam o propósito e como esse se relaciona com as metas. Pretende-se demonstrar ainda como a relação com o nosso passado, o presente e o futuro pode auxiliar ou prejudicar os nossos alcances das metas e o nosso bem-estar. Vamos diminuir a distância entre a ciência e a prática do Coaching de Psicologia Positiva, explicando sobre como se relaciona a teoria com a prática e como as ferramentas e abordagens dessa ciência podem auxiliar a potencializar o bem-estar das pessoas, como temos visto no Brasil.


Como Ser Feliz na Adversidade e no Mundo de Hoje - Baltazar Martins Jesuino

Trata-se duma reflexão sobre um caso de desamor e da vivência no presente, no Mundo de Hoje, aprendendo a viver num estado mental de paz interior. O passado não pode ser alterado, mas constitui uma reserva de vivências e conhecimentos que nos ajudam a traçar o presente e o futuro. Constituindo a adversidade uma oportunidade, procura-se ver a vida e o mundo de uma forma mais positiva e alegre, contribuindo, ao mesmo tempo, para a sua evolução e para a paz, lutando pelo sonho de um mundo melhor.

 


Comunicando Positivamente para uma educação eficiente de nossos filhos - Erika Rangel

A linguagem é uma das principais características do desenvolvimento cognitivo da espécie humana, pois é por meio da comunicação que somos capazes de expressar ideias, crenças, filosofias, sentimentos, demonstramos quem somos e construímos identidade. Para minimizar os efeitos de uma comunicação truncada é fundamental o desenvolvimento pautado no autoconhecimento. Por meio da Psicologia Positiva, é possível reconhecer forças e pontos fracos, e criar estratégias para expressar seus sentimentos e valores de forma eloquente, driblando possíveis sabotadores e vivenciando o bem-estar e a qualidade de vida merecida.


Conceções de felicidade em que vive em condições de pobreza: um estudo qualitativo - LEONOR SEGURADO DE FALÉ BALANCHO

Investigar a felicidade no contexto da pobreza é um assunto científico e social sensível e recente. O bem-estar tem mostrado ser, de muitas formas, pelo menos tão importante quanto a situação económica para a saúde psicológica e social.Não escamoteando que é hoje claro que o rendimento económico dos países é um forte preditor dos níveis de satisfação com a vida, e que maior pobreza está naturalmente associada a menor felicidade, o presente estudo pretendeu analisar qual a concepção de felicidade, e a percepção dos factores que a determinam ou influenciam, de um grupo de 65 mulheres e homens, pertencentes a famílias desfavorecidas de quatro freguesias do concelho da Ribeira Grande (Ponta Delgada) na Ilha de S. Miguel, Açores, Portugal.


Construção e estudo quase-experimental de um programa de psicologia positiva aplicado em contexto escolar - Catarina Ferreira E Joaquim Armando Ferreira

A investigação “Programa de Psicologia Positiva aplicado ao contexto escolar: construção e estudo quase experimental” teve como objetivo o desenvolvimento de uma intervenção aplicável, com análise dos resultados. Realizou-se um estudo piloto no Instituto Montes de Toledo, em Espanha e, da amostra, constam 140 indivíduos divididos em grupo controlo e grupo experimental, sendo esta recolhida no antes e pós-programa, no Instituto Educativo de Souselas, em Portugal. Os resultados obtidos sugerem a validade do programa nas dimensões de atenção, concentração, afeto positivo, diminuição da ansiedade e evitamento em situações relacionadas com o contexto escolar


CRISE: UMA OPORTUNIDADE DE SE REINVENTAR - NÚBIA CORREIA

Viver nos impõe condições que não necessariamente nos agradam. Acontecimentos que nos surpreendem positivamente ou não. O que faz com que algumas pessoas superem crises e adversidades de maneira firme e se reinventem e outras sucumbam aos desafios?A partir desta pergunta e usando elementos da Psicologia Positiva, criamos uma abordagem de trabalho onde a crise passa a ser uma oportunidade de se reinventar e inspirar novos motivos para seguir uma vida mais equilibrada.O Programa de Coaching G.A.N.A. de Viver (Grupo de Apoio para Novas Atividades) foi elaborado e estruturado para apoiar pessoas a lidarem com mudanças inesperadas em sua vida, como exemplo a perda de emprego, de um órgão físico ou de uma pessoa importante, e que precisam superar-se e encontrar novos motivos para buscar sua felicidade e seu futuro.Este programa está sendo oferecido pela COOBERJ (Cooperativa de Trabalho Nacional dos Bancários do Estado do Rio de Janeiro) e é aplicado como mecanismo de reciclagem e preparação para o retorno ao mercado de trabalho para profissionais que estejam sendo demitidos dos bancos, além de criarem nova rotina para sua vida e encontrarem novas atividades a serem desempenhadas, podendo até empreender.


DESENVOLVIMENTO DE COMPETÊNCIAS SOCIAIS E EMOCIONAIS - Maria da Conceição Neves Fernandes

A Escola encontra-se cada vez mais pressionada na sua função de formar academicamente, embora seja reconhecida a importância das competências sociais e emocionais. Tendo em consideração o panorama português, é recomendado que se criem programas para o ensino secundário, atendendo a que são inexistentes. Com o intuito de responder àquele repto, a partir dos atores sociais e da partilha do conhecimento existente no interior dos processos de intercâmbio social, apresentam-se dados a partir de um estudo exploratório, que pressupõe a investigação como transformação social – construcionismo social – defendida por Gergen.


Do Otimismo dos Portugueses - Miguel Pereira Lopes

Nesta reflexão serão analisados três estudos publicados sobre a importância do otimismo com amostras de indivíduos portugueses. Em concreto, será analisado o perfil de optimista paradoxal que integra simultaneamente expectativas otimistas e pessimistas (Lopes, Cunha & Rego, 2011). O papel do pessimismo nas estratégias de coping proactivo serão também analisados (Lopes & Cunha, 2008), bem como o seu impacto no desenvolvimento económico nacional (Lopes, 2011).


Ecossistema Agentes Ativos da Felicidade- Paz individual à Paz Mundial - Marisa Oliveira e Mário Simões

Os Agentes Ativos da Felicidade é um ecossistema que atua do indivíduo á comunidade Foi criada pelo psiquiatra Prof Mário Simões e psicóloga Marisa Oliveira em 2008 pautando no modelo Felicidade Interna Bruta.Atualmente somos um grupo de investigadores da Felicidade com uma proposta académica temperada com afetos e vamos redesenhando a Psicologia Positiva á moda Luso Brasileira.Integra na linha de investigação laboratório LIMMIT -Faculdade de Medicina / Univ de Lisboa. Está presente ensino superior como módulo curricular em universidades em Portugal e Brasil. A sua aplicação a dois centros de saúde em Portugal originou amostra demonstrativa da melhora do bem-estar.


Educação Continuada para Líderes: Aplicação do Capital Psicológico Positivo na Construção e Gestão de Equipes - Ana Carla Conforto

Aplicação do Capital Psicológico Positivo na Construção e Gestão de Equipes. Apresentação prática de um projeto de Educação Continuada para Capacitação de Lideranças, implantado em empresas com resultados positivos, demonstrando como a liderança pode formar e gerir equipes aplicando o Capital Psicológico Positivo.


Educação Emocional Positiva - Miriam Rodrigues

A Educação Emocional Positiva é um programa psicoeducacional voltado para profissionais da área da saúde e educação que integra conceitos e atividades de terapia cognitiva, psicologia positiva, educação emocional e arte-educação.O programa tem como objetivo principal instrumentalizar profissionais para trabalhar com crianças e adolescentes, seja em escolas ou em oficinas, as competências sócioemocionais e habilidades para o bem estar.


Educação Positiva – um diferencial no desenvolvimento de pessoas nas organizações - RICARDO SÁ

As Organizações vivem hoje um momento difícil, porque avançaram muito em tecnologias de produtos e serviços, aprimoraram os processos de gestão, mas avançaram pouco no desenvolvimento de pessoas e certamente as dificuldades no campo da comunicação e interação e entre as pessoas já atinge a produção e os resultados. A economia do compartilhamento vai impactar as relações sociais e as organizações. A Psicologia Positiva traz alternativas para a mediação dos indivíduos frente aos desafios presentes e futuros. A educação positiva passará pelo investimento nas melhores competências dos sujeitos, o que proporcionará aumento dos vínculos e da produtividade.


EDUCAÇÃO POSITIVA NA MATURIDADE - Gabriele de Oliveira Ribas e JULIANA VIEIRA DE ARAUJO SANDRI

Qual a contribuição da Psicologia Positiva para uma prática educativa terapêutica para adultos na maturidade? Essa apresentação traz uma referência teórica, prática e metodológica na perspectiva da Psicologia Positiva para a Educação Positiva de adultos na maturidade. A pesquisa realizada demonstrou que a Psicologia Positiva aplicada na prática educativa terapêutica trouxe benefícios na qualidade de vida dos participantes, que reconheceram o potencial transformador e terapêutico das aulas através de momentos de interação e reflexão para viver e envelhecer com qualidade e positividade.


EMOCIONALSET - Marcia Cristina Oliveira Fernandes

Ao estudar o campo psíquico do indivíduo, pode-se explorar e ampliar seu cenário emocional mais evidente e dinâmico e assim, à partir da percepção da configuração pessoal, gerar a conscientização das forças emocionais que atuam positivamente, favorecendo e potencializando a percepção de respostas mais significativas em diversos âmbitos da vida. A esta percepção do conjunto de emoções usuais que compõe o território emocional de cada pessoa de modo único e intransferível nomeie de “emotionalset”. No setting terapêutico, este se dispõe como um mapa para lidar com o desenvolvimento de emoções e relacionamentos positivas, propósito e sentido da vida, engajamento e êxito e compreender a evolução das espirais emocionais para modelos mais saudáveis e harmoniosos.


EMPATIA COMO RECURSO FACILITADOR DAS RELAÇÕES HUMANAS - Fernanda Amorim Medeiros

Num mundo onde a maioria das pessoas está “conectada”, qual é a chave da verdadeira conexão humana? Existe alguma habilidade social forte o suficiente para transformar as relações humanas, tornando o ser humano capacitado para evitar desigualdades, preconceitos e falta de compreensão? A palestra busca abordar esses temas e como os recursos da Psicologia Positiva podem ajudar a aprimorar e expandir a qualidade humana chamada empatia.


Envelhecer com qualidade: contributos e aplicações da Psicologia Positiva ao Envelhecimento - Diana Tavares e Daniela Anéis

Tendo em conta as aplicações da Psicologia Positiva na promoção da qualidade de vida do sénior e considerando o aumento exponencial da população envelhescente no mundo, torna-se importante desenvolver ou adaptar estratégias que fomentem esta qualidade de vida.Dividiu-se a comunicação em duas partes:1) definição e enquadramento do envelhecimento positivo e de que forma este é articulado nos outros constructos sobre envelhecimento;2) contributos e aplicações da psicologia positiva junto dos seniores adaptadas às suas necessidades. A primeira parte será de cariz mais teórico onde se pretende apresentar refletir sobre o modelo teórico que está na base da reflexão sobre os contributos e aplicações da Psicologia Positiva junto dos seniores.


Envelhecer com Significado - Joana Filipa Do Vale

O Significado é uma parte essencial da vida de todas as pessoas. Ao envelhecermos e ao ponderarmos sobre a nossa passagem no mundo, torna-se fundamental que o significado seja facilmente descoberto para validar toda a nossa experiência. Quando existem dificuldades em perceber o sentido da existência, é importante que aqueles que estão junto dos mais velhos os ajudem a perceber o que foi, e é realmente importante nas suas vidas. Este trabalho pretende elucidar os técnicos de geriatria que atuem a nível institucional, a ajudarem os idosos a sentirem-se parte de algo, a encontrarem o seu propósito, a valorizarem a sua narrativa pessoal para assim encontrarem o seu caminho para a transcendência. Ao descobrirem o seu significado de vida, os idosos encontram uma nova energia e uma nova motivação para viver, ajudando-os a alcançar estados mais elevados de satisfação e até uma nova paz interior.


ESPECIALMENTE POSITIVOS - Bruna Ferreira Teitelroit

A palestra propõe a apresentar a Psicologia Positiva aplicada em pessoas com deficiência. Em grande parte, o material encontrado na literatura relacionado a pessoa portadora de síndrome ou deficiência mental ou física aborda as dificuldades e limitações vivenciadas pelos mesmos. A palestra sobre o livro “Especialmente Positivos”, traz um olhar da Psicologia Positiva aplicada a pessoas com deficiência, o que é uma verdadeira mudança paradigma. O objetivo é focar nos talentos, pontos fortes e principalmente nas perspectivas de sucesso, com o intuito de intensificar o bem-estar das pessoas com deficiência e dos familiares dessas pessoas, além de auxiliar os profissionais da área a utilizarem a abordagem da Psicologia Positiva nas intervenções.


Estabeleça Metas para uma vida em Flow - Rafael Garcia e Claudia Pedroso

Na busca da importância de saber o que se quer da vida, qual propósito traçar e quais elementos são importantes para se desempenhar um trabalho gratificante e realizador, o autoconhecimento e o estabelecimento de metas pode gerar o flow, uma das experiências que mais pode elevar o bem-estar. Nesta palestra, teremos a apresentação de uma Intervenção aplicada a um pequeno grupo de psicólogos empreendedores que experimentaram o estado de experiência ótima, com resultados significativos!


Estudo de Caso: A Psicologia Positiva como promotora de bem-estar e qualidade de vida num grupo de alcoolistas - ESTELA BARBOSA PAULINO XAVIER

Serão apresentados os resultados das intervenções realizadas no grupo de Alcoólicos Anônimos (AA) de Bela Vista/MS a partir dos princípios da Psicologia Positiva. Os participantes foram submetidos a avaliação psicológica em Psicologia Positiva e treinados para aplicarem no dia-a-dia ações intencionais e estratégias de bem-estar. Ao final destes encontros, os instrumentais foram reaplicados para verificar as evidências dos benefícios alcançados.


Eudaimonia e a Paz consigo mesmo: Compreendendo a Relação entre Felicidade e Propósito - Lilian Graziano

Nos seus primórdios da Psicologia Positiva, convencionou-se que  seu objeto de estudo seria a felicidade esta compreendida a partir da eudaimonia de Aristóteles, o que, em linhas gerais, seria a felicidade advinda do exercício das virtudes. Contudo, novas tentativas de explicar a felicidade e  de redefinir os objetivos da Psicologia Positiva, acabaram dando pouca importância para o tema da eudaimonia. Nesta palestra resgataremos o conceito da eudaimonia a partir da Antiguidade grega, relacionando-o com o conceito de bem-estar-subjetivo e, principalmente, apontando-o como a única maneira de descobrirmos nosso propósito de vida e, consequentemente, de atingirmos a verdadeira paz interior.


Felicidade no trabalho e seus impactos. - Izabela Rocha Holanda

Atualmente, ter pessoas felizes no trabalho tornou-se o grande desafio das empresas. Sabe-se que muitos estudiosos em todo o mundo têm dedicado esforços para compreender a felicidade no ambiente laboral. Sendo assim, a proposta desta palestra é apresentar os resultados de estudos realizados em empresas que referem-se aos significados sobre felicidade, tanto para empregados quanto para proprietários, saber quais elementos constituem a felicidade nesse ambiente e entender como esta pode impactar tanto na qualidade de vida do indivíduo quanto nos resultados organizacionais. Nesta palestra você poderá ter uma visao sistêmica da felicidade no trabalho.


FLOW NA SALA DE AULA NA EDUCAÇÃO DE ADULTOS - Glaucia Yoshida

A palestra apresentará uma discussão de um dos conceitos norteadores da Psicologia Positiva que é o FLOW, cujo pressuposto foi desenvolvido pelo húngaro Mihaly Csikszentmihalyi, como perspectiva a ser construída em sala de aula na educação de adultos. Neste momento, a palestrante apresentará os conceitos e desafios da andragogia, bem como relatará a sua experiência profissional contextualizada com vivências de FLOW em treinamentos de professores. Com esse tema pretende oportunizar as reflexões em levar o FLOW para a sala de aula, espaço privilegiado em tocar uma alma humana e ainda desenvolvê-la.


FOCO NAS QUALIDADES HUMANAS POSITIVAS EM PROGRAMAS DE CAPACITAÇÃO E DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL - Rita Elizabeth Menezes de Amorim

Novos conceitos influenciam comportamentos e a instabilidade do mercado, exigem dos trabalhadores resultados de alto desempenho. Apesar da redução de custos, as organizações ainda investem parte de o orçamento em capacitação. Mas isso, nem sempre, leva a resultados positivos, devido às formas de capacitar e motivar os trabalhadores. A importância do foco nas Qualidades Humanas Positivas em Programas de Capacitação e Desenvolvimento Profissional é o foco deste trabalho, demonstrado com a apresentação de um case de uma instituição pública federal brasileira reconhecida internacionalmente Fundação Oswaldo Cruz, na qual o RH se embasa nas concepções da Psicologia Positiva, rompendo paradigmas.


Formação de professores na perspectiva da Psicologia Positiva - Leonardo MORAES

O objetivo principal desta palestra é trazer as contribuições científicas da Psicologia Positiva aplicadas à formação de professores, especialmente, os do ensino superior, que, em regra geral trabalham diretamente com a formação acadêmica e a qualificação profissional. Outrossim, apresentaremos uma proposta de formação de professores para a educação superior, tendo a Posologia Positiva como a linha condutora desta proposta. A ideia é que ao formar os professores, cria-se de um ambiente e condições favoráveis para que as instituições de ensino possam por vez adotar a educação positiva como uma de suas metodologias ativas.


Humanizar a criatividade e a transformação de conhecimento nas cidades: Desenhar espaços colaborativos e ativar o middleground - Manuel Laranja e Ricardo Lopes

A criação do valor (económico e público) parece estar associada a uma concentração espacial das atividades de design e produção. A formação de “espaços colaborativos” que possam atuar como comunidades cognitivas interdisciplinares que apoiem uma transformação de conhecimento mais “humanizada” pode ser um aspeto essencial para encontrar soluções eficazes para os atuais problemas económicos e sociais. Neste artigo propomos caracterizar diferentes tipos de “lugares” e “espaços” e o seu papel enquanto intermediários do processo de transformação de conhecimento e criatividade em inovação.


Impacto de cursos de Psicologia Positiva na vida de pessoas adultas em idade avançada - Maria Teresa Pires de Medeiros

Após lecionar dois cursos de vinte horas cada, em dois anos seguidos (2016 e 2017), a pessoas adultas em idade avançada na Academia Sénior da Universidade dos Açores, versando os temas da autoestima, empatia, relações positivas com os outros, clima de paz e envolvimento social e comunitário, através da metodologia de dinâmica de grupo, apresenta-se o impacto na mudança de vida de 8 pessoas (estudo qualitativo e análise de conteúdo). Deduzem-se implicações na melhoria da vida das pessoas e na sua satisfação com a vida.


Implicações do desemprego no bem-estar - Ana Martins e Saul Neves

É amplamente reconhecido que o desemprego acarreta diversas consequências individuais e sociais. Em termos individuais frequentemente coloca-se o foco no risco para a saúde, e desenvolvimento de (Psico)patologia. Esta comunicação visa apresentar parte dos resultados de um estudo que analisando comparativamente indivíduos empregados e desempregados teve por objectivo averiguar as implicações psicológicas do desemprego, concretamente o seu impacto no bem-estar, bem como a abordagem de fatores facilitadores da adaptação a uma situação adversa como a perda involuntária de emprego


Inteligência emocional e inteligência espiritual ao serviço da paz - Cristina Paula Duarte

É fundamental uma educação no sentido de conhecer e identificar os diferentes sentimentos e emoções, descobrir o sentido pleno da vida e da existência, aliá-los com a razão e colocá-los ao serviço da paz. Esta é uma escola da vida e para toda a vida e uma condição para a tão desejada paz mundial, para a paz interior, uma ?paz enraizada no interesse pelos outros e implica uma grande sensibilidade e um calor de sentimento? (Dalai Lama, 2000:21). Uma paz que descobre em si e no outro um dom.


Intervenções positivas ao domicílio – o programa HIT - Leonardo Silvério, Margarida Pedroso Lima e Manuel Ortega

A intervenção HIT é uma abordagem individual desenhada para intervir com pessoas idosas confinadas ao domicílio – por um conjunto de vulnerabilidades físicas, psicológicas e/ou sociais – que foca sobretudo questões práticas, relacionais e existenciais da vivência desta situação. Insere-se no domínio das psicoterapias individuais breves e protocoladas, que são uma modalidade de intervenção positiva e de apoio fundamental para lidar com as situações de vida adversas e promover o bem-estar e o desenvolvimento pessoal na idade avançada.


INVESTIGAÇÃO APRECIATIVA APLICADA AO COACHING NAS ORGANIZAÇÕES - Sonia Ramos

O foco nos aspectos positivos dos recursos humanos precisa crescer nos ambientes organizacionais, bem como o conhecimento da Investigação Apreciativa, a importância de seu estudo, aplicações e resultados, já que proporcionam esse olhar, revolucionando o campo do desenvolvimento organizacional em todo o mundo. Daí a importância da convergência entre a Psicologia Positiva e a Investigação Apreciativa, quanto à valorização dos aspectos positivos das experiências e qualidades positivas das pessoas, focadas na construção de organizações positivas. Diante disso, apresentar os pontos de contato dessa abordagem com a metodologia do Coaching, em especial, com o modelo GROW, é favorecedor para potencializar resultados organizacionais positivos.


ISCSP Well-Being: Sobre a urgência do Bem-estar no ensino superior - Sonia Pedroso Gonçalves

O contexto do ensino superior é caracterizado por múltiplas vivências por parte dos profissionais e dos estudantes, colocando desafios e simultaneamente fornecendo e sobressaindo recursos. Na presente comunicação serão apresentados os resultados preliminares de um estudo inserido no projeto ISCSP Well-Being. Este estudo envolveu a toda a comunidade académica e diferentes abordagens metodológicas complementares. Pretende-se fornecer pistas de melhoria e intervenção no sentido de contribuir para a promoção do bem-estar e felicidade de toda a comunidade educativa.


Liderança Positiva e o Significado do Trabalho - Poliana Landin

Com a visão na construção de instituições positivas, uma prática importante é o exercício da Liderança Positiva. De acordo com Kim Cameron ela está alicerçada em quatro princípios que devem ser foco da gestão: 1) Cultivar um Clima Positivo; 2) Construir Rede de Relacionamentos Positivos; 3) Promover uma Comunicação Positiva; 4) Criar Significados Positivos para o trabalho. Nesta palestra será discorrido sobre a Liderança Positiva e sobretudo, sobre o quarto princípio, sendo apresentada um case de uma Instituição de Ensino para difundir e favorecer a reflexão sobre o significado para o trabalho realizado pelo colaborador.


Ligações entre Paz e Psicologia Positiva - Mariella Mesquita

A Psicologia Positiva, ao se preocupar com o bem-estar, fluidez, propósito e com a felicidade, abre caminho também para o processo de paz.

Nesse sentido, as emoções positivas, desempenham um papel importante por nutrirem nas pessoas a intenção do bem comum, o espírito de colaboração. Além disso, viver a vida de forma significativa, com aproveitamento do potencial humano, através da consciência das paixões e talentos individuais, gera impacto social positivo, por contribuir com a felicidade, com a prevenção de violência e, consequentemente, o direcionamento para a construção e propagação da paz.


ManifestaMente, uma iniciativa cidadã pela Saúde Mental - Ana Mina e Débora Miranda

Mesmo a propósito do tema que dá cor a este Congresso – a Paz – o ManifestaMente surgiu precisamente a partir da ideia de que a maior parte dos problemas do mundo poderá resolver-se se melhorarmos a nossa saúde mental. E quem diz que a Psicologia Positiva e a Psicologia ‘dita tradicional’ não podem contribuir juntas para melhorar a Saúde Mental de todos nós? Co-Fundadoras do ManifestaMente, Ana Mina e Débora Miranda são apaixonadas por este tema e decidiram pôr mãos à obra para ‘Falar’, ‘Juntar’ e ‘Fazer’ pela Saúde Mental. Com os contributos de várias disciplinas da saúde e da psicologia, uma atitude teimosa de empreendedoras sociais, e a determinação de escutar a sabedoria de muitas outras áreas profissionais além da saúde, nasceu o ManifestaMente, uma iniciativa cidadã pela Saúde Mental.


Multiculturalidade, violência e escola. Por uma ética global na educação - Fernando Humberto Santos Serra

Esta comunicação tem como finalidade debater os desafios que a multiculturalidade coloca à educação. Serão sublinhadas as tensões observadas entre o imperativo do pluralismo, como um valor nuclear das comunidades educativas, e a necessidade de estas promoverem uma cultura ética e cívica de tipo universalista, evitando cair na tentação do relativismo como critério educativo. Esta comunicação culminará com a proposta de um cenário em que os princípios universalistas e a dialogia da condição humana constituem um horizonte de referência para a ação educativa.


O Empreendedorismo Português - Patrícia Jardim da Palma

O empreendedorismo é hoje uma ferramenta estratégica para o desenvolvimento económico e social dos países e regiões. Para os empreendedores, são muitos os benefícios em termos da felicidade e realização pessoal, o que está na base do “empreendedorismo como um chamamento”.

Em Portugal, contudo, a morte prematura das empresas recém-criadas é muito elevada, pelo que urge promover um empreendedorismo mais eficaz, gerador de felicidade. Porque o empreendedorismo é um fenómeno cultural, esta comunicação tem como objetivo propor um modelo de empreendedorismo para Portugal, ajustado à nossa cultura.


O IMPERATIVO DA SENSIBILIDADE HUMANA NA APRENDIZAGEM DA PAZ - Manuel Pelágio

O imperativo da paz mundial devolve-nos sempre à consciência da condição humana. Pensar a paz sem a capacidade de sentir e de compreender a diversidade humana não parece ser possível. Irei apresentar algumas ideias e exemplos de como tenho invocado a sensibilidade humana na área da liderança e nas organizações, desenvolvendo metodologias de aprendizagem da condição humana em que a corporeidade se encontra no centro. Apelar à sensibilidade humana é a contemporaneidade que se impõe desenvolver em todas as pessoas que queiram aprender a viver em paz. Como conseguir esta mudança? Eis a grande pergunta para todos.


O Turismo pelas “lentes” da Psicologia Positiva: um projeto em desenvolvimento - Soraia Garcês, Margarida Pocinho e Saul Neves de Jesus

O projeto “O Bem-Estar do Turista da RAM” alia a psicologia positiva ao turismo onde se explora o bem-estar do turista. Propõe-se um novo modelo através do conceito “Experiência Psicológica Humana Ótima” [“Human Optimal Psychological Experience” (HOPE)]. Definimo-lo como um estado pessoal de realização durante a “experiência turística”, onde existe uma interação dinâmica entre as variáveis em estudo e as atividades desenvolvidas. Compreender o turista através da psicologia positiva possibilita oferecer experiências significativas longe de casa, aumentando o seu bem-estar e qualidade de vida.


Organizações socialmente responsáveis e inclusão social - Albino Lopes

É sabido que a exclusão social se perpetua por gerações, sem que a escola cumpra a sua função social de nivelamento de oportunidades. Essa discussão criou na Europa dois modelos que separam projetos político-educativos: a escola da abstração para todos e o designado modelo dual.

A Fundação Otacílio Gama permite encontrar um ponto de contacto entre modelos antagónicos ao demonstrar que os alunos oriundos de bairros problemáticos, que frequentam a escola tradicional e seguem aulas de desporto, cultura e lazer, com tutores cuja missão é desenvolverem a autoestima a partir de um “trabalho” por objetivos alcançáveis, conseguem bons resultados escolares associados a um desenvolvimento de competências para a vida.


Os elementos do bem-estar na prática clínica - JOY STEDILE

A Psicologia Positiva é um movimento científico e possibilita ao indivíduo reconhecer como construir uma vida mais saudável, produtiva e feliz. A proposta do Instrumento SEERR é confirmar a aplicabilidade do PERMA, que segundo Seligman, compõem os elementos que levam ao florescer humano. Cada um está convidado a vivenciar através desse exercício, como o terapeuta pode auxiliar o paciente, frente a situações tanto simples como complexas, a observar o sentido, onde flui, o que o realiza, a importância dos relacionamentos e a potencializar emoções positivas, a fim de aliviar o sofrimento e contribuir para mudanças positivas.


Poster -Dialogue between positive psychology and socioconstructionism: convergences and differences concerning peace - Garbiñe Delgado-Raack

I would like to present a poster in which I analize what contributions the constructionist perspective and the positive psychology make to the peace building process. Special attention is given to the points in which both converge and also to those differences they might draw. Theoretical, methodological and practical implications will be shown. The poster can be presented either in spanish or in english.


Práticas apreciativas em contexto escolar: Percebermo-nos aos olhos dos outros. - Mónica Pinheiro Godinho Silva

A escola precisa de se reinventar enquanto organização e a psicologia positiva, designadamente na sua dimensão apreciativa, podem dar um importante contributo para uma cultura de envolvimento e de proximidade entre toda a comunidade educativa. Serão apresentados dois exemplos de práticas apreciativas em contexto escolar como recursos possíveis para a construção da mudança desejável, um mais focado nos assistentes operacionais (EMAPP 2014/15) e outro desenvolvido com uma turma do sétimo ano de escolaridade no decorrer do presente ano letivo.


Projeto Pessoal e Envelhecimento Ativo Positivo: o efeito de uma experiência de voluntariado num contexto empresarial - José Pereira Lamelas

Em Portugal, a população está a envelhecer (menos nascimentos, mais longevidade). As pessoas idosas sentem-se marginalizadas. Isto provoca nelas frustração, infelicidade, doença, dependência. É um desperdício enorme de recursos adquiridos com a velhice e de gastos com assistência social.

Muitas pessoas estudam par conseguirem um emprego para “ganhar a vida”. A questão da missão, projeto pessoal que dê sentido á vida não se põe ou não é possível conciliar. Chegada a reforma, caem num vazio stressante gerador de mal-estar doentio.
A descoberta desse projeto pessoal, com sentido, o mais tardar na reforma, pode constituir uma solução útil para este problema. Como é que algumas pessoas conseguem resolver este problema? Como elas nos podem inspirar?


Psicologia Positiva Aplicada e a Educação Ambiental Escolar: um caminho possível para a educação para a paz - Patricia Mendes Calixto

Esta pesquisa versa sobre como a Psicologia Positiva Aplicada articulada a Educação Ambiental Escolar pode contribuir para o desenvolvimento do compromisso dos jovens em relação as questões ambientais. O estudo foi realizado no Instituto Federal Sulriograndense (IFSUL). Os métodos selecionados, de cunho qualitativo. Os resultados identificados mostraram que os estudantes sentem-se responsáveis por suas ações em relação a sustentabilidade e para o desenvolvimento de um mundo melhor no que se refere a esfera do consumo e dos hábitos. Entretanto, o meio no qual estão inseridos dificulta a prática.


REALISE O PLANO DE DESENVOLVIMENTO INDIVIDUAL PARA UNIVERSITÁRIO - Helma Paiva Neves

Será apresentado um programa utilizado para impulsionar o potencial de um indivíduo de maneira organizada e estratégica. Assim, no planejamento da carreira, o PDI pode ajudar a desenvolver novas competências, melhorar o desempenho e alcançar maiores desafios, com uma análise de suas competências, e lacunas de conhecimentos ou habilidades que ainda precisa adquirir e a partir de um planejamento detalhado — praticamente um passo a passo — que indique como o profissional vai avançar de seu estágio atual até sua meta. Nele, é preciso colocar um prazo, delimitar as competências que precisam ser adquiridas para atingir esse objetivo.


Respondam, por favor: Qual o papel da felicidade na qualidade de vida e na qualidade das relações humanas? - MARIA LEONOR GALANTE DELMAS

O papel da felicidade na qualidade de vida e das relações humanas. Visita dos textos filosóficos de Teilhard Chardin sobre a felicidade. A felicidade está inscrita na vida do mundo e se harmoniza na sabedoria e no ritmo da convivência. Importância do buscar compreender o que é a tão almejada felicidade. Ser gregário, o Homem procura por relacionamentos sociais saudáveis, estar com o outro. Se a relação com o outro, é inerente ao ser humano é, portanto decisiva para a qualidade de vida e seu desenvolvimento. Do poder do positivo e do estar feliz surge a luz para guiar a humanidade


Storytelling Positivo - Daniel MORAIS VIEIRA

A palestra apresentará a abordagem do Storytelling Positivo como uma metodologia para construção de histórias com vistas a promover emoções positivas no ambiente de sala de aula e ampliar o campo de ensino-aprendizagem. O palestrante apresentará os desafios da comunicação e atenção em sala de aula, bem como relatará a sua experiência profissional contextualizada com as histórias no processo ensino-aprendizagem. Com esse tema pretende oportunizar as reflexões sobre construir emoções positivas e mudança de mentalidade com a construção de histórias


Superar a Obesidade com a Psicologia Positiva - Ana Calixto Maximino

Apresentação do Projeto Final do Executive Master em Psicologia Positiva Aplicada. Tem como objetivo ajudar pessoas obesas na superação da obesidade. A metodologia e as sessões desenvolvidas neste programa com os participantes, são em si mesmas reveladoras de sucesso, utilizando-se os Princípios da Psicologia Positiva. Aprende-se a saborear (savouring), a disfrutar da vida (flow), a utilizar as virtudes e forças de carácter para ultrapassar problemas e dar sentido à vida com um objetivo maior: almejar a qualidade de vida do indivíduo obeso reduzindo o seu peso.


Turismo, paz positiva e felicidade pública: o caso das “happy cities” - Helena Marujo

Pelo sexto ano consecutivo a contribuição do Turismo para o PIB mundial chegou a um total de 10,2%, envolvendo 292 milhões de pessoas. É por isso importante pensar o turismo, e as urbes do mundo, como instrumentos de paz, sustentabilidade e felicidade pública, relevantes na promoção da saúde e dos bens relacionais, e da preservação do planeta. Faremos pontes entre o turismo e a psicologia positiva, mediados pelo conceito de felicidade pública, passando pela sua aplicação ao urbanismo sustentável e à edificação da paz e da justiça social no quotidiano.


Uma experiência de Intervenção de Psicologia Positiva em ambiente escolar - Fernanda Leal

A adolescência é um momento de grandes mudanças, além das novas responsabilidades os jovens se deparam com a escolha do curso e os desafios do pré-vestibular. A alta concorrência, longos períodos de estudo, pressão, cansaço e medo do fracasso corroboram para índices cada vez maiores de ansiedade e depressão. O Método Leal, que será abordado na palestra, é uma Intervenção de Psicologia Positiva em ambiente escolar com o objetivo de aumentar as emoções positivas e instrumentalizar os estudantes a partir do autoconhecimento, trabalho com forças de caráter, meditação, savoring dentre outras abordagens. Serão apresentadas as etapas de elaboração e implementação do projeto, os desafios e os resultados preliminares como relatos dos próprios estudantes, melhora no desempenho acadêmico e aprovações nos vestibulares.

 


Uma Psicologia dos Ecossistemas Positivos: uma visão para além do indivíduo - PAULO FREDERICO MEDEIROS CLEMENTINO

Discriminar estudos que contribuem para o terceiro nível de atuação da psicologia positiva, este é o objetivo do presente trabalho, que aborda os diferentes contextos de desenvolvimento humano e seus desfechos, destacando a importância dos avanços na identificação ou mesmo na criação deliberada de instituições e programas que permitem a promoção do bom caráter. A partir de uma revisão narrativa realizada pela seleção arbitrária de artigos, indicaram-se correspondências e aproximações entre a Psicologia Positiva e a abordagem do desenvolvimento positivo da juventude e developmental assets.


VIA SURVEY E O AUTORRELATO DOS RESPONDENTES - Ana Maria Kruel

A palestra apresentará os resultados de uma pesquisa realizada com uma amostra composta de brasileiros e portugueses com o objetivo de verificar se o resultado do VIA SURVEY confirmava as principais forças de caráter consideradas pelo autorrelato dos participantes, além de trazer dados sobre as Forças Top 5 de brasileiros e portugueses com base em informações cedidas pelo VIA Institute. As opiniões e análises realizadas, contudo, não representam a opinião do VIA Institute on Character e foram realizadas de forma independente