Mais do que um tema religioso, a temática do Perdão, atualmente, tem sido alvo de cientistas de todo mundo. Saber de que modo esse conceito pode ajudar pacientes a aliviar os sintomas causados pela depressão e outros transtornos de ordem emocional é o tema deste trabalho. Considerado pela Psicologia Positiva como uma força de caráter, portanto, uma qualidade humana que pode ser aprendida, o Perdão pode curar dores profundas e arraigadas na alma humana. Toda explanação concentra-se em apresentar a forma como podemos ensinar, em consultório, nosso paciente a perdoar para liberar a energia presa em rancores em processos mais produtivos que aumentem o seu bem-estar subjetivo.


CONHEÇA O PALESTRANTE:
Ensaio Adriana

Adriana Santiago

Diretora do Núcleo de Aplicação e Pesquisa da Psicologia Positiva, professora especialista em Psicologia Positiva e Terapia do Esquema, coordenadora de projetos da Revista Papo Cabeça, especialista em Neurociências pela UFRJ, Psicologia Positiva: Uma Integração com o Coaching e Psicanálise. É palestrante internacional, tendo representado o Brasil no XIII Congresso Caribenho de Psicologia na República Dominicana. Publicações: Livro: “O Poder Terapêutico do Perdão”. Capítulo no Livro: “Psicologia Positiva Teoria e Prática.” Artigo Científico nos Anais do Primeiro Simpósio Latino Brasileiro de Psicologia Positiva: “O Poder Terapêutico do Perdão”. Capítulo no Livro: “Psicologia Positiva na Clínica” (no prelo).